sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

O marfim da Baleia


Esta história passou-se há alguns anos na freguesia de Biscoitos na Ilha Terceira junto ao porto de pescas. Ainda se fazia a caça à baleia ou ao cachalote e havia carcaças deste mamífero gigante espalhadas por todo o lado.

Um inglês da Base Americana das Lajes (antes dos americanos estiveram na Base os ingleses) estava a ver aquele aparato junto ao porto e repara em grandes peças de marfim espalhados pelo chão. Curioso, tenta averiguar o que são aqueles objectos mas sem grande sucesso já que ninguém falava inglês por aquelas bandas.

Havia frustração geral por não se conseguir explicar ao estrangeiro, ainda por cima nosso aliado, a origem das peças brancas.

Eis que se aproxima o meu primo biscoitense, armado em Chico-esperto e a gabar-se de conseguir resolver o problema em três tempos. Levanta um dos marfins, abre a boca junto à cara do inglês e grita na sua voz mais alta mas pausadamente, enquanto bate com o indicador nos seus próprios dentes cerrados:

- D E N T E S

Depois aponta para uma baleia morta no porto …

- … de B A L E I A !


De: Júlio Silva - Futebol e Celebridades em 3D

.

Sem comentários:

Publicar um comentário